26 de agosto de 2014

Deus desviou mísseis para o mar e cobriu tropa com nuvem, afirmam israelenses.

Exército israelense em oração - Julho 2014


Traduzido por Wilma Rejane
Artigo original: Israel Today


O sistema anti-míssil de Israel é chamado de Iron Dome e se mostrou um grande sucesso durante a atual guerra de Gaza, mas de vez em quando ele perdia a localização do alvo dos foguetes terroristas recebidos.

Cerca de dez por cento de foguetes lançados pelo Hamas não foram localizados pelo Iron Dome, se esses foguetes atingissem áreas povoadas poderiam causar muitas mortes. Mas isso não aconteceu.

Ficamos sabendo de um relatório não confirmado circulando pela internet atribuindo a falta de precisão do Hamas ao Deus de Israel movendo os foguetes para fora do seu curso para proteger seu povo:

"Nós miramos, mas Deus muda o caminho do foguete no ar", teria dito um comandante do Hamas.

Sendo ou não esse relatório verdadeiro, nós temos o testemunho real do operador do Iron Dome,  equipamento que detecta e intercepta os mísseis lançados pelo Hamas. Ele falhou três vezes no combate a um míssil que ia em direção a Tel Aviv.

Depoimento: 


"Um míssil foi disparado a partir de Gaza, o Iron Dome calculou sua trajetória para um raio de 200 metros em direção as Torres Azrielli um local com movimentação de pessoas equivalente a estação ferroviária de Tel Aviv, centenas poderiam ter morrido. Disparamos o primeiro interceptor que falhou. O segundo interceptor falhou. Isto é muito raro de acontecer, nós tínhamos apenas mais quatro segundos para evitar a tragédia.

Notificamos aos serviços de emergência para se dirigirem ao local que teria muitas vitímas. De repente, o Iron Dome, que calcula a velocidade do vento, entre outras coisas, nos mostrou um grande vento vindo do leste, um vento forte...era o míssil do Hamas caindo no mar. Ficamos todos espantados, me levantei e gritei: Há um Deus!.

Testemunhei esse milagre com meus próprios olhos, ninguém me disse, me relatou. Eu vi a mão de Deus enviando mísseis para o mar". (Depoimento na íntegra aqui em hebraico)

Outro depoimento é do coronel Ofer Inverno, comandante da Brigada de Infantaria Givati que descreveu um misterioso nevoeiro cobrindo favoravelmente ele e suas tropas quando os inimigos avançavam  na luz da manhã, depois de um ataque noturno adiado.

O coronel Inverno chamou o acontecimento de "nuvem de glória", a imprensa já havia noticiado que o coronel  distribuiu uma carta para seus soldados dizendo: "O Senhor Teu Deus vai com você para lutar contra vossos inimigos e para salvá-lo".


Por: Jesus dentro do barco
25/08/14

1 Comentario:

Tunin disse...

Oremos pela nação de Israel .È o povo de Deus.
Abração.

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...