5 de abril de 2013

O Leão morto e o mel



Juízes 14:8a9

 “ E apartando-se do caminho ao ver o leão morto, eis que, no corpo do leão, havia um enxame de abelhas com mel. E tomou-o nas suas mãos e foi-se andando e comendo dele; e foi-se a seu pai e a sua mãe e deu-lhes dele e comeram”.

Para qe uma considerável quantidade de mel se forme é necessário vários dias de produção. Será que esse leão já não estava podre? E o mel, será que cheirava bem?

Ou será que o leão já era só a carcaça de ossos? Mas a Bíblia diz : “No corpo do leão”.

A verdade é que o mel foi mais atrativo para Sansão do que as circunstâncias da conservação do leão.

Ao provar do mel, Sansão quebrou o seu voto de Nazireu.

Um Nazireu:

Não podia beber ou comer coisa alguma que se faz da vinha.

Não podia cortar o cabelo.

Nem se chegar a corpo algum morto. Nem mesmo de parentes. (Números 6:1a9)

Mesmo conhecendo sua limitações ele não hesitou. A história de Sansão é muito conhecida e sabemos que o mel não seria nem a primeira nem a última de suas transgressões.

Fica para nós a lição de que o mal se disfarça de coisas boas e agradáveis como o mel no leão.

Em Provérbios há um exemplo de mel em morte:

Pv.5:3,4. “ Porque os lábios da mulher estranha destilam favos de mel, e o seu paladar é mais macio do que o azeite; mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois fios. Os seus pés descem a morte; os seus passos firmam-se no inferno''.

“Apartando-se do caminho”, aquele não era o caminho que Sansão costumava passar. Ele saiu do caminho duas vezes: literalmente e espiritualmente falando.

Que esse episódio sirva para nos despertar e fortificar a ponto de rejeitarmos as ofertas de morte com cobertura de mel.

Que Deus te abençoe!



Por: Jesus dentro do barco
04/04/13
De: Ministro Carlos Carvalho 
Fonte: Wilma Rejane (Atenda na Rocha)

0 Comentario:

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...