21 de abril de 2013

Nova Sabotagem Contra Feliciano.


Nova Sabotagem Contra Feliciano Tenta Enfraquecer Comissão


Esvaziar a Comissão de Direitos Humanos e Minorias é a mais nova estratégia dos parlamentares que resistem com furor a presença do pastor Marco Feliciano na presidência da CDHM. À frente, puxando o bonde da sobotagem, o ex-BBB, dep. Jean Willys e sua colega, dep. Erika Kokay, ambos inimigos declarados do pastor.
19/04/2013 16:20 por Redação

O plano é malígno mas simples: Fazer com que o maior número possível de deputados deixem a Comissão para que, sem o quórum mínimo (que é de 10 parlamentares) as sessões não aconteçam.E essa articulação está em pleno andamento. Na quarta feira, dia 17, 5 deputados anunciaram renúncia; são eles: Erika Kokay (PT-DF), Jean Wyllys (PSOL-RJ), Domingos Dutra (PT-MA),  Chico Alencar (PSOL-RJ) e Luiza Erundina (PSB-SP) . Ainda programaram para o mesmo dia uma conversa com os representantes de todos os partidos que compõem a CDHM. Érika Kokay, ferrenha defensora de projetos anti-familia se mostrou confiante: "A comissão já se esvaziou e perdeu credibilidade (??!) . A retirada dos partidos vai reafirmar isso", declarou em tom triunfal.

Para Feliciano, esse esvaziamento não atingirá o objetivo de afetar o quórum para as sessões. Os deputados que estão se unindo contra o pastor Marco, ameaçam levar com eles os projetos de lei para que sejam discutidos em outras Comissões. Feliciano no entanto, ressaltou ao ser questionado sobre o tema, que essa manobra não vai parar o colegiado - “De maneira alguma. O quórum está feito e temos condições de trabalhar”, afirmou com segurança.

Como temos acompanhado, o Sr. Willys, a Sra. Kokay e Cia. não vão abaixar a cabeça e entregar os pontos com facilidade, porquanto são opositores relutantes e inimigos implacáveis. Por mais de uma década ativistas gayzistas e o PT reinaram tranquilamente na CDHM, colhendo as benesses da União. Não é de se admirar que se debatem e se agitem com ira na tentativa de reconquistar o território perdido. É fato que o deputado Marco Feliciano vai permanecer apesar de todo levante. Enquanto isso, cresce o número de apoiadores tanto entre cristãos evangélicos como de vários outros segmentos da sociedade. Em parte, graças a ações pró-Felciano nas redes sociais, e parte por sua participação em programas de TV nas últimas semanas, quando teve voz e direito de defesa. A Globo, claro, não esteve entre as emissoras que lhe deram alguma chance de resposta. Destacamos a participaçao de Feliciano no programa do Amaury Júnior e no Programa do Ratinho, do SBT.
De olho nas eleições de 2014, a presidenta Dilma tem escolhido não interferir no caso.
Beni Maia
com informações de: portal G1 e site da Câmara dos Deputados
 
Por: Jesus dentro do barco
20/04/13

0 Comentario:

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...