18 de março de 2013

Comissão de Direitos Humanos.


Comissão de Direitos Humanos e Minorias sob os holofotes do Brasil

Não se conforme, mas se deixe transformar por Deus Romanos 12:2


Wilma Rejane


Não podemos nos omitir nessa hora tão decisiva, em que uma clara batalha espiritual acontece No País. Na época em que Adolf Hitler subiu ao poder para liderar a Alemanha entre 1939 a 1945,  a igreja cristã não protestou de forma veemente contra a ideologia nazista. Pelo contrário, mais foram  os lideres religiosos que se aliaram ao governo ditatorial de Hitler, do que os que o combateram. Sei que a comparação pode soar radical, porém, o cenário formado no Brasil hoje, em relação ao movimento LGBTs é semelhante e merece toda nossa atenção, orações e protestos. Pasmem, temos atualmente grande parcela da Igreja brasileira aliada à causa da homossexualidade.  Não podemos  emudecer, sendo apenas um eco sufocado, apresentado em forma de sombras vindas do fundo de um abismo. Segundo a Bíblia, o abismo é a condenação, o mal. Segundo a Filosofia, o abismo é a ignorância. Nem um nem outro representa, ou pelo menos não deveria representar,  o pensamento do cristianismo.

Por mais que não concordemos com a pratica doutrinária de alguns pastores, e no caso mais especifico e contextualizado para esse artigo, faço referências as práticas do Pastor Marcos Feliciano, o que nos compete nessa batalha arrolados movimento LGBTs e Comissão de Direitos Humanos e Minorias, é examinar o que seria melhor para o Brasil, segundo a Palavra de Deus. O melhor no momento é a permanência de Marcos Feliciano no cargo. Não se trata de medir forças entre religiões ou partidos políticos, mas pelo destino humano salvaguardados os valores éticos e morais da sociedade, apregoados inclusive, na Constituição Federal. E se por uma vertente, essa constituição defende os direitos das minorias, por uma outra vertente bem mais abrangente declara a laicidade do Estado, não podendo destituir representantes públicos, de qualquer que seja o cargo, baseando-se na religião. Feliciano está sendo atacado por ser cristão e transmitir a posição Bíblica em relação a homossexualidade. Tudo o mais é pretexto de quem nutre favorecimento a pratica de relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo.




Clero religioso em apoio ao nazismo


É curioso o quanto o sistema corrupto desse mundo é hipócrita. Essa Comissão de Direitos Humanos, nunca recebeu tanto destaque na mídia. É que antes, ela era ocupada por representantes simpatizantes da causa e agenda Gay, então, tudo bem. O trabalho era assim parecido com uma colônia de cupins, que trabalha em silêncio corroendo tudo que encontra pela frente e quando se descobre o estrago tá feito, e que estrago! Hoje a lei garante que  através do Conselho Federal de Psicologia  qualquer profissional que trabalhe com a cura da homossexualidade poderá ser julgado e até preso. Tenho receio de que daqui a pouco essa mordaça também seja dada aos cristãos. Esse assunto é muito delicado e acredito que muitas pessoas o evitam por temerem uma interpretação errônea. Dizer que não se é a favor da homossexualidade, não equivale dizer que se é contra os homossexuais. Existe maior declaração de amor do que amar incondicionalmente? Somente Deus ama dessa forma e através de Jesus, concede a humanidade a paz e a justiça que não se encontram em nenhum outro lugar. Deus ama os homossexuais. Esse discurso de amor, se concretiza no sacrifício expiatório de Jesus. Mas infelizmente, nem todos compreendem.

«O cristianismo é uma rebelião contra a lei natural, um protesto contra a natureza. Levado ao seu extremo lógico, o Cristianismo significa o cultivo sistemático da falha humana.»  Hitler que dizia lutar pela igualde da supremacia ariana (isso lhe lembra algo?)


Amados, o mundo Jaz do maligno e nossa luta não é contra carne e sangue, mas contra as potestades do mal, do príncipe das trevas desse século (Efésios 6:12). Já existe uma mobilização grandiosa para destituir Feliciano do cargo. Sabemos que esse cargo não é vitalício, que nossa confiança para transformar o Brasil em um País melhor não está nas mãos dessa comissão de Direitos Humanos, a história politica no Brasil é caracterizada por corrupção e alianças imorais e uma vez feito o ingresso nesse sistema, o difícil é sair ileso. Todo esse drama que transcorre pela eleição do pastor Marcos Feliciano a CDHM veio trazer à tona o assustador estado em que se encontra o mundo e Sodoma e Gomorra ficou "comendo poeira" em relação ao Brasil. Ora, Sodoma e Gomorra foi citada por Jesus, já estando em vantagem sobre as cidades de Israel (Mateus 11:24), estas tiveram a oportunidade de ouvir a Palavra da Salvação da boca do próprio Cristo e não se arrependeram. O que dizer do Brasil? Oremos.



Deus abençoe o Brasil.


Por: Jesus dentro do barco
17/03/13

0 Comentario:

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...