18 de novembro de 2012

Ele sente a sua dor.


João 11.1:45

Ao abrir o capítulo 11 do livro de João, nos deparamos com a ressurreição de Lázaro que a primeira vista remete o seguinte pensamento: “É verdade. Jesus é Deus e nada é impossível para Ele.”. Mas não é sobre essa verdade que quero tratar aqui. Apesar de Jesus expressar o seu Poder e sua condição divina, quero falar de Jesus em sua condição humana. E isso é testificado em João 1.15-18 “João testificou dele, e clamou, dizendo: Este era aquele de quem eu dizia: O que vem depois de mim é antes de mim, porque foi primeiro do que eu. E todos nós recebemos também da sua plenitude, e graça por graça. Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo. Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o fez conhecer.”.

Existe uma expressão que é muito repetida por muitos Cristãos de todo o mundo: - Jesus te ama. Essa frase tem um poder tremendo, primeiro por constar o Poderoso nome de Jesus, segundo por expressar a essência de Cristo e a razão de seu sacrifício.Essa frase tem salvado muitas pessoas ao ser proferida àquelas que, nas paradas de ônibus, nas calçadas, nos terminais, nas ruas, estavam esperando a hora de se jogar na frente de um ônibus, mulheres abandonadas pelos maridos, se vendo sem chão e à beira de acabar com suas próprias vidas, recebem um simples: - Jesus te ama. E todo o sofrimento passa a ter um valor insignificante diante de tal declaração.Mas, talvez você se pergunte: - Se Jesus me ama, porque estou sofrendo? Porque Ele permite que isso aconteça comigo?Vivemos nossas vidas, outros sobrevivem nos limites das circunstâncias. 

A verdade é que bem ou mal, temos experimentado os diversos sabores da alegria e da tristeza. Jesus advertiu: Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. João 16.33.Jesus está dizendo que deseja estar você em todos os momentos, e que com Ele você vai vencer. É uma garantia. Ele não te livra dos problemas, mas te livra no meio dos problemas.Se você está enfrentando uma dificuldade, se existe, hoje, algo que tira a sua paz e tem sido o motivo de suas lágrimas, quero te mostrar que Jesus ao ser convidado, chamado como socorro no momento oportuno, Ele enfrenta a situação para entrar com providência ao teu favor. Perceba que voltar à Betânia naquele momento era correr risco de vida, pois os judeus queriam apedrejá-los. Mas existia algo mais importante para se preocupar do que os inimigos... eram os amigos de Jesus. Eles estavam sofrendo, chorando a morte de Lázaro. Jesus ao atender o chamado de Marta, nos ensina que podemos contar com Ele na hora da angústia.Você não é apenas amigo, mas Filho de Deus. Muitas experiências que às vezes causam dor servem como aprendizado para sua vida. A dor não é algo agradável, mas é algo que pelo fato de não queremos senti-la novamente, tendemos a trabalhar, mudar nossas atitudes diante dela e assim vivenciamos experiências diferentes, crescimento e amadurecimento.


Os judeus viram a morte de Lázaro como o fim, pois não conseguiam enxergar com a mesma ótica de Jesus. Ele vê, no impossível, a manifestação da Glória de Deus.Naquele tempo haviam pessoas que eram contratadas para prantear nos funerais e muitos judeus estavam ali tentando consolar Marta e Maria, mas no versículo 32, Maria, a irmã de Lázaro, ao saber que Jesus havia chegado, aos prantos, corre em disparada e se lança aos Seus pés, afinal Jesus era o porto seguro daqueles que o amavam. O local mais seguro para se estar em todos os momentos é nos pés de Jesus, humilhando-se com coração quebrantado e sincero, crendo que só Ele pode consolar o seu coração.Você já percebeu que algumas pessoas se sentem mais consoladas quando sabem que outras pessoas estão passando pela mesma dor ou por algo maior? É uma forma de consolo para elas. Outras pessoas tratam as questões dos outros com frases prontas, tendo a maior facilidade para lidar com a dor  e problema do próximo, aconselhando insensivelmente com atitudes e sentimentos que nem mesmo ela teria se estivesse no lugar da outra.É aí que entra Jesus, não apenas consolar, mas que isso, sentir a sua dor, chorar com você. Só Ele sabe o tamanho do seu sofrimento e a tua dor.O que me chama a atenção no texto sobre a ressurreição de Lázaro, é que Jesus, quando foi avisado sobre a enfermidade de seu amigo, já sabia que ele morreria mais tarde. E eu te pergunto: - Se Jesus já sabia que Lázaro estava morto e poderia ressuscitá-lo, porque Ele chorou?Este é um grande ensinamento que podemos retirar da Palavra de Deus. Em João 11.33-35 diz: Jesus, vendo-a chorar e bem assim os judeus que a acompanhavam, agitou-se em espírito e comoveu-se. E perguntou: Onde o sepultastes? Eles responderam: Senhor, vem e vê! Jesus chorou.Não importa o tamanho da sua dor, da prova que estás passando, não importa qual seja o problema que te aflige. Você não está só. Não pense que estás sendo provado por um Deus que assiste seu sofrimento de braços cruzados. Você está sendo acompanhado por um Deus que se importa com você. Permite o seu amadurecimento, seu crescimento diante do sofrimento, tornando-a uma pessoa mais forte. Um Deus que vai onde você está, vê o seu sofrimento e coloca-se no teu lugar, sofre com você, chora com você. Ele te ama. Jesus sente a sua dor. Jesus morreu por você e ressuscitou para você. Ele vive.

Não existe melhor ombro amigo do que o de Jesus Cristo. Faça hoje uma oração para que Ele venha te visitar, convide-o. Chore na presença do Senhor, com certeza ele sabe o que fazer, pois ele sente sua dor.Entenda, Jesus te ama muito.



Que Jesus te abençoe. 


Por: Jesus dentro do barco
17/11/12
Fonte: Pastos Verdejantes

0 Comentario:

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens