28 de abril de 2012

Peregrino em Meseque e habito em Quedar - Sl 120



"Angústia é um nó muito apertado bem no meio do seu sossego."
Adriana Falcão

Wilma Rejane

"Ai de mim que peregrino em Meseque, e habito nas tendas de Quedar Sl 120:5"


Uma lamentação transformada em cântico. Esse Salmo, dos degraus, foi concebido por Davi em momento de grande angústia. Como herança, anos mais tarde,  passou a ser  entoado por peregrinos quando subiam as montanhas para Jerusalém nas festas anuais. Uma espécie de lembrança e louvor por ter Israel habitado entre inimigos e sobrevivido as muitas batalhas.

Meseque e Quedar, estão no Salmo de forma metafórica, simbolizando tribos guerreiras.  Quedar, descendente de Ismael ( filho de Abrão com Agar) era poderoso líder tribal habitando  nos desertos quentes ao Sul da arábia, onde vivem os beduínos ( Ez 27:21) Meseque, Um dos filhos de Jafé (filho de Noé), deu seu nome a um povo indo-europeu que vivia na região do mar Negro ou do Cáucaso.

Peregrinar em Meseque e habitar em Quedar , espiritualmente falando, é experimentar angústia e desejar a paz. É como viver em lugares estranhos, cercado de perigo. Davi prossegue no lamento dizendo: “ A minha alma a bastante tempo habitou com os que detestam a paz. Pacifico sou, mas eu falando, já eles estão em guerra” (Sl 120:6,7).  Você já se sentiu em Meseque e Quedar?

Quando meus olhos pousaram sob esse Salmo fiquei curiosa por saber onde se localizava Meseque e Quedar. Ao descobrir, entoei louvores, tal qual os peregrinos na subida das montanhas em direção a Jerusalém! Quantas vezes me senti como Davi, peregrinando nesses territórios conflituosos e recebi livramento! Na verdade, esses territórios nos cercam diariamente e por vezes, sentimos “o bafo” dos bárbaros em nossa face, as flechas dos arcos inimigos nos mirarem e serem desviadas pela providência Divina.




Meseque e Quedar são sinônimos de nossas angústias, de batalhas que travamos conosco e com o mundo. Por tantas vezes esses territórios se fazem real dentro de nós, porque temos que vencer dúvidas, medo, abandono, doenças e tantos outros males que guerreiam com menor ou maior intensidade contra nosso sossego. Ninguém está livre de peregrinar em Meseque e habitar em Quedar. Vejam, Davi discerne o peregrinar e o habitar.

É que algumas dores passam rapidamente por nós, outras literalmente “armam as tendas” e fazem morada. E Davi era um homem de paz, habitando na guerra. Jesus é a própria paz e estando entre nós, como Messias Salvador, peregrinou em Meseque e habitou em Quedar. Inimigos o cercaram por onde quer que fosse, contudo Ele venceu! Porque nenhum conflito, por maior que seja, pode vencer o amor de Deus por seus filhos.

Se houver guerra, Ele será o Escudo. E com esse Escudo, apenas um homem poderá vencer um exército inteiro! Foi assim que Davi venceu o gigante Golias e em seu cântico de ação de graças, profetizou: “Deus é o meu rochedo, e nele confiarei; o meu escudo e a força de minha salvação, e o meu alto refúgio. Ô meu Salvador, da violência me salvaste” “ II Samuel 22:3. Porque a força humana é falha, sem Deus sucumbimos em Meseque e Quedar.

Oração: Senhor Deus, estou peregrino em Meseque e por muito tempo tenho habitado em Quedar, mas confio em Ti para ser meu Escudo e socorro, para que eu possa  “subir os degraus em direção a Jerusa1ém” entoando louvores de livramento como memorial de vitória. Livra-me e fortalece-me segundo Teu Espírito, em nome de Jesus, amém!



Por: Jesus dentro do barco
26/04/12

0 Comentario:

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens