14 de outubro de 2011

Internet via Rede Elétrica?

Que Fim Levou a Internet via Rede Elétrica?


Vira e mexe alguma empresa ao redor do mundo divulga que está testando a transmissão de dados via rede elétrica, o que permitiria a todo mundo teracesso à Internet a um baixíssimo custo.
Aqui no Brasil em 2001 a Copel (Companhia Paranaense de Eletricidade) divulgou estar fazendo testes desta tecnologia e, pouco tempo depois, a Cemig e a Eletropaulo divulgaram a mesma coisa. Afinal, que fim levou esta tecnologia?
Apesar de ser uma idéia maravilhosa, há vários motivos técnicos que simplesmente impedem que esta tecnologia funcione na prática, mesmo que testes em laboratórios mostrem que ela é viável. Explicamos abaixo os principais motivos.
  •  Fios de eletricidade usam encapamento plástico que absorve sinais de alta freqüência. Isto impede que os cabos da rede elétrica sejam usados para transmissões de dados de alta velocidade por uma distância muito longa.
  •  Os fios da rede elétrica funcionam como uma antena, fazendo com que os dados transmitidos gerem ruído no espectro eletromagnético, isto é, a transmissão de dados via rede elétrica gera interferência em rádios, televisões e similares. Da mesma forma, os fios elétricos captam sinais de rádios, televisões e similares, corrompendo os dados transmitidos via rede elétrica.
  •  Interferências de eletrodomésticos como aspiradores de pó, liquidificadores e máquinas de lavar atrapalham a transmissão de dados.
  •  Junções de cabos, transformadores, relógios medidores e o liga/desliga inerente aos eletrodomésticos fazem com que a carga da rede elétrica varie muito, criando inúmeros pontos de reflexão de sinal na rede, fazendo com que exista muito "eco" do sinal transmitido, o que acaba por corromper os dados transmitidos.
  •  Os atuais transformadores e relógios medidores usados na rede elétrica simplesmente bloqueiam sinais de alta freqüência, impedindo a transmissão de dados.
Enfim, esta tecnologia pode até dar certo em laboratório, mas na prática ela é simplesmente inviável pelos motivos técnicos expostos. Com a tecnologia de Internet sem fio (wireless) se popularizando e com o custo desta tecnologia caindo cada vez mais, é muito mais sensato pensarmos que a tecnologia wireless cumprirá o mesmo papel proposto pela idéia de Internet via rede elétrica, bastando a instalação de uma antena por bairro ou região para que todos os PCs daquela área passem a ter acesso à Internet, sem fio. Incrivelmente a tecnologia wireless terá um custo muito menor do que a Internet via rede elétrica, já que os custos de se fazer modificações no sistema elétrico para corrigir os problemas citados torna o uso comercial desta idéia completamente inviável.
É bom lembrar que na Europa mais de 20 companhias elétricas fizeram testes com a tecnologia de Internet via rede elétrica, e todas estão chegando aos mesmos resultados: é inviável.
Adicionado em 12 de dezembro de 2003:
Depois de termos publicado esta coluna, recebemos alguns e-mails criticando nossa posição de acharmos que a Internet via rede elétrica não dará certo. Muitos lembraram que em várias cidades brasileiras os testes com esta tecnologia continuam. Em nossa opinião, uma coisa é fazer um teste com algumas pessoas, outra coisa bem diferente é colocar esta tecnologia disponível em uma cidade inteira. Devemos lembrar que, até onde sabemos, nenhuma concessionária de energia elétrica está oferecendo este serviço comercialmente no Brasil. Em nossa opinião, esta tecnologia está destinada ao fracasso, por conta dos motivos técnicos acima expostos. Nossa opinião foi diretamente influenciada por um artigo de Peter Cochrane, e em seu artigo Cochrane explica ainda mais sobre o porque ele (e nós) achamos que esta tecnologia não é comercialmente viável.
De qualquer forma, esta é apenas uma opinião, e podemos estar errados. Só daqui a alguns anos é que poderemos dizer quem tinha razão, nós ou os leitores que nos mandam e-mails criticando nossa opinião.


Por: J-D-B
10/10/11
Fonte: clubedohardware

1 Comentario:

Tunin disse...

Bom texto, Paulo! Abração.

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...