2 de julho de 2011

Quem é o errado?

                                                       Quem é o errado?...

 "O problema é a hipocrisia de sempre"

         O ponto de vista de uma mesma pessoa pode variar muito dependendo das
         circunstancias vivenciadas.

        Se um motorista, por exemplo,  estiver no transito e for “cortado” por um motoboy,
        no mesmo instante ele pensa: “esse motoqueiro é um louco! Que imprudente, 
        arriscando causar um acidente e até perder a própria vida!”.

        Este mesmo motorista é o cliente daquela pizzaria que sempre pede 
       “pressa” na hora da entrega.
        E atendendo a toda esta pressa, o motoboy vai fazer o que? Correr, 
        acelerar e cortar caminho...
        Até porque, se demorar, a pizza vai chegar fria, o cliente (muito irritado) 
        certamente vai reclamar com o gerente e o motoboy possivelmente perderá 
        o emprego.

       Veja que, o mesmo que reclamou da pressa no início, reclama agora da demora.

      No fundo, o mesmo acontece comigo e não é diferente com você. 
      O problema é a nossa hipocrisia de sempre, sim, 
      porque se flagramos alguém agindo de forma egoísta logo criticamos, 
      julgamos e atiramos pedras; mas quando é a gente... 
      E por que não reconhecemos isso? Mas ISSO o que? 
      Que só sabemos enxergar o nosso lado e defendemos apenas o que nos convém.

     Você conhece alguém que já se envolveu em um acidente de carro? 
     É só perguntar para ela sobre o ocorrido e vamos constatar que o errado (ou culpado) 
     sempre são os outros. Já reparou nisto?

     O mundo está dividido em opiniões quando o assunto é a execução 
     de Osama Bin Laden
     Mas a razão está de que lado?

     É fato, que pra quem está de fora, é sempre mais cômodo falar, criticar ou dar 
    “pitacos” sobre o tema.

     Não há neste post, nenhuma forma de defesa ao terrorismo, 
    mas será que podemos criticar alguém e ter as mesmas atitudes que um dia foram 
    condenadas por nós mesmos?

    Se alguém baixou o nível com você, só por causa disso, você tem o 
   “direito” fazer o mesmo? Quando revidamos, descemos ao nível daquela pessoa 
    e automaticamente nos tornamos iguais aquela pessoa. 


Por: J-D-B (Pb. Paulo César)
Real: 02/07/11
Fonte: Pr.Rubens Ennes


1 Comentario:

Tunin disse...

Sempre mensagens que instruem e edificam. Deus o abençoe. Abração.

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens