12 de junho de 2011

Não Desperdice Sua Mente!


Desligue seu ídolo! 
Não Desperdice Sua Mente!
Esta postagem não é contra possuir uma TV, mas contra ela possuir você.


Introdução

 “O que podemos fazer na prática para nos tornarmos mais voltados para as coisas de Deus?

“O primeiro passo é reconhecer a necessidade de nos tornarmos mais devotos. Temos que reconhecer que existem muitas coisas que nos roubam tempo e atenção no nosso dia-a-dia, por isso é necessário escolher uma hora e um local para a reflexão de forma a não sermos bombardeados pela televisão, pelo rádio, pelo telefone ou até pela internet.
Em vez de ocuparmos o nosso tempo com essas coisas superficiais, devemos antes entregar-nos às nossas Bíblias e a Deus num ambiente calmo. Para nos tornarmos mais devotos devemos ser capazes de nos darmos a nós mesmos através da meditação e da leitura da Sagrada Escritura.”

Em “Conselho aos Pastores: Como Ajudar o Seu Povo a Encontrar Mais Satisfação em Deus”, Piper também nos adverte:
“Ajude o seu povo a desligar a televisão. Há poucas coisas na nossa cultura que nos inibam espiritualmente de tal modo como a televisão o faz. Mesmo os programas apelidados de ‘bons’ são, de uma maneira geral, banais, pouco estimulante do intelecto e estão longe de serem considerados enriquecedores e de cultivarem a capacidade de alegrar-se em Deus. Além disto, se considerarmos o impedimento dos anúncios que acompanham quase todos os programas, não é de estranhar que muitos dos nossos Cristãos praticantes sejam espiritualmente incapazes de ter pensamentos elevados e emoções profundas.”

É fato que gastamos atualmente muito tempo com TV, internet e afins. Não que haja algo errado em ver TV ou acessar a internet. Mas não podemos achar que ler 10 minutos a Bíblia terá muita força contra 2 horas de TVComo cristãos devemos levar “cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo” (2 Coríntios 10:5). Precisamos entender que:

1) Nossas mentes foram feitas para amarem a Deus.
Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. Marcos 12:3
Se você tem um zelo enorme por Deus e pelas coisas de Deus, mas não tem entendimento de doutrinas básicas, Paulo fala em Romanos 10:1,2 que você não é salvo. Isso é sério! Todo seu zelo é vazio, porque no fim você não está amando a Deus com toda sua mente, levando seu entendimento sujeito a Cristo, mas está pensando conforme a carne, que é inimiga de Deus (Romanos 8:6,7).
Não queremos também cair no outro extremo de amar a Deus com todo entendimento, mas sem toda “força”. Devemos amar a Deus com tudo: vontades, pensamentos, emoções e obras.

2) Nossas mentes devem se encher de pensamentos grandes e nobres.
Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. (Filipenses 4:8)
Isso parece tedioso para você? Talvez seja porque você acha que esse tipo de pensar é semelhante ao anjinho sentado numa nuvem tocando por toda eternidade a mesma música. Deus não deu uma mente para você pensar pouco e pequeno. Deus lhe deu uma mente para você pensar muito e de forma grandiosa sobre a glória de Cristo e o bem da humanidade. Deus lhe chamou para ter pensamentos sobre a beleza dos Atributos de Cristo, pensamentos de como levar as pessoas a este Maravilhoso Salvador, pensamento de como alimentar o faminto, ajudar o pobre, combater a injustiça, pensamentos de como levar o Reino e fazer a Vontade do Pai ser na Terra como é no céu. Uau! Isso é difícil. Por isso que você precisa de toda sua mente. Precisa treiná-la para pensar nessas coisas e não em como vai acabar a próxima novela (aliás, elas acabam todas iguais — sério que você não percebeu?).

3) Nossas mentes devem estar preparadas e prontas para a ação.
Portanto, estejam com a mente preparada, prontos para a ação; sejam sóbrios e coloquem toda a esperança na graça que lhes será dada quando Jesus Cristo for revelado. Como filhos obedientes, não se deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na ignorância. Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: “Sejam santos, porque eu sou santo”. (1 Pedro 1 : 13,14,15,16)

Este “portanto” significa que sua mente deve estar pronta como consequência da pregação do Evangelho e do o alvo da sua fé, a salvação das suas almas. Porque você é salvo, você deve ter a mente preparada. Mas preparada para quê? Para vida de santidade. Para viver a vida alerta de um soldado em guerra, a vida de um trabalhador que espera seu Senhor chegar a qualquer momento. Suas horas de TV e internet têm lhe deixado mais atento a santidade e ao retorno de Cristo ou mais acomodado? Medite nisso.

Não Desperdice Sua Mente!


Por: J-D-B
Real: 09/06/11
Fonte: Por Vinícius Musselman Pimentel. 

0 Comentario:

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens