14 de abril de 2011

O Evangelho não se vende.

O Evangelho não se vende.

No Brasil, esforça-se muito para “vender” o Evangelho. Quase não se usa a mídia para proclamar os conteúdos do Evangelho. 


Alardeiam-se os benefícios da fé. Basta observar a enormidade de tempo gasto divulgando os horários dos cultos, a eficácia da oração, mostrando que aquela igreja é melhor e que a sua mensagem é a mais forte para resolver todos os problemas das pessoas.

Aborda-se o Evangelho como um produto eficaz e adota-se uma mentalidade empresarial no seu anúncio. Prometem-se enormes possibilidades. Tratam as pessoas como clientes e sem constrangimento, anuncia-se que qualquer um pode adquirir esse determinado benefício com um esforço mínimo.

As igrejas se transformam em balcões de serviços religiosos ou supermercados da fé. A tendência de oferecer cultos diferenciados e as intermináveis campanhas de milagres demonstram bem esse espírito.

Como um supermercado com as gôndolas recheadas de produtos, as igrejas procuram incrementar os “serviços” ao gosto dos fregueses.

Os pastores dividem os dias da semana com programações atrativas; gastam suas energias desenvolvendo estratégias que atraiam o maior número de pessoas. Sonham com auditórios lotados. Campanhas, correntes e demonstrações grotescas de exorcismos e milagres financeiros se sucedem. As pessoas, por sua vez, se achegam, seduzidos pelas promoções das prateleiras eclesiásticas.


Finalizando: 
Esse modelo induz as pessoas a adorarem a Deus por aquilo que ele dá e não por quem é. Não se anuncia o senhorio de Cristo, apenas aos benefícios da fé. Os crentes acabam tratando a Bíblia como um amuleto e, supersticiosos, continuam presos ao medo. Vive-se uma religião de consumo.

*Que Deus possa abrir os olhos dos anjos das igrejas, e os nossos também, e que possamos adorar a Deus, não pelo que ele pode nos dar, e sim pelo que ele é. (O filho de Deus o Salvador da humanidade Jesus de Nazaré)


Hb.12:14 Segue a paz com todos e a santificação pois sem a qual ninguém verá ao Senhor.

Fonte: Pb.Paulo César, (Jesus dentro do barco)
11/04/11

2 Comentario:

Mensagens abencoadoras!!! disse...

é verdade! Virou comércio! Toma lá da cá!
Te seguierei se for vantajoso para mim!
Que grande pena!Oremos por estas pessoas, oremos por cada um de nós para que nunca viemos a cair no mesmo erro!Fk na graça
Marly

Jesus te ama! disse...

COMO EU GOSTO DESTE CANTINHO !!! GLORIA DEUS POR CADA MNSAGEM,MUITO BOM.

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens