27 de outubro de 2010

Ele escolheu morrer, para que eu tivesse vida!!

                    

 


Logo que foi lançado o filme "A Paixão de Cristo", de Mel Gibson, que para mim é o filme mais marcante da vida de Jesus, levantou-se uma polêmica. Grupos se levantaram preocupados que o mundo se voltasse contra os judeus, por acharem ser eles os culpados pela morte de Jesus; outros poderiam achar que os romanos é que foram os culpados.

Afinal, quem foi o culpado pela morte de Jesus?

Na verdade, o que levou Jesus a morte, não foi nem um e nem outro,mas, o que levou Jesus a escolher a morte, foi o amor que Ele sentiu por mim e por você (João 3.16).
Amor este, capaz de levá-lo a dar sua vida por aqueles que o desprezavam! (Isaías 53.3)
Ele não nos julgou segundo a vista de seus olhos (Isaías 11.3); Ele não levou em conta os nossos erros ou nossa maldade. Ele nos tratou com verdadeiro amor, aquele amor que não impõe condições e nem espera algo em troca, que tudo sofre, tudo espera e tudo suporta (1Coríntios 13.7).
Cada gota de sangue derramada, cada açoite que rasgava seu corpo já ferido, só era suportado pelo grande e sublime amor, com o qual Ele teve forças para aceitar beber deste cálice de sofrimento para que hoje eu e você pudessemos ter vida e paz!
Que o nome de Jesus tenha nessa Páscoa o lugar de honra e glória que Ele merece!
Que nada venha ofuscar a importância que este ato de Jesus teve e ainda tem para todos nós.
Que a vitória de Jesus sobre a morte e o pecado seja celebrada em nossas vidas e seu amor seja lembrado para todo o sempre!!!
Sua morte nos trouxe vida e sua vida nos faz mais que vencedores!
Fonte: Adoração sem limites

Postado por: ( Pb.Paulo César )
www.jesusdentrodobarco.blogspot.com

0 Comentario:

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens