24 de outubro de 2010

CONVITE À ORAÇÃO!

“E aconteceu que, enquanto ele orava, a aparência do seu rosto se transfigurou e suas vestes resplandeceram de brancura.” (Lc 9.29)

Muitas vezes andamos por esse mundo sem saber ao certo o que procuramos.
Apesar de a graça divina nos abençoar com um lar abastado, onde há abundância de provisões materiais, muitos de nós nos consideramos infelizes, acreditando que algo ainda está faltando e não sabemos como explicar o que acontece em nosso interior.
Apesar de todos à nossa volta nos mostrarem o quanto somos abençoados por Deus, o fato de não desfrutamos do conforto e das facilidades que a vida moderna propicia, nos leva a entender que se tivéssemos um poder aquisitivo maior poderíamos nos considerar mais felizes.
Como somos contraditórios em nossos sentimentos! Se tivermos muito, reclamamos... Se tivermos pouco, reclamamos ainda mais.
Não são poucos os que diante das experiências que a vida nos concede não conseguem recostar a cabeça no travesseiro e simplesmente descansar. Suas mentes não param. Buscam forças e respostas em tudo que as cerca e se esquecem que na maioria das vezes a solução não está fora, mas dentro delas mesmas e que para alcançar a paz que tanto desejam necessitam apenas buscar a presença do seu Criador e expor-lhe o que tanto as atormenta.
Jesus enquanto esteve entre nós, não desfrutou de conforto físico ou de facilidades materiais, mas apesar disso transformou não apenas o destino de todos aqueles que O seguiam, mas também o rumo da história humana.
Cremos que o convite que Jesus nos faz para nos sentirmos transformados e agraciados pela presença e provisão divina é criarmos em nós o hábito de falar com o Pai; de estabelecer um momento para nos aproximarmos dEle através da oração.
O convite de Jesus é para utilizarmos esse recurso em quaisquer situações.Quando a infelicidade ou a dificuldade bater à tua porta e você se sentir impotente e desmotivado, ore ao Senhor pedindo-lhe proteção e amparo.
Quando injustamente te ferirem com palavras ásperas e ofensivas, refugia-te na oração e peça ao Senhor que lhe conceda amor para superar tão duros momentos.
Quando a perda de um ente querido estiver sufocando a tua alma, ore e peça que o Senhor reconforte teu coração, te dando a certeza de que a vida continua e que em breve poderás encontrá-lo e regozijar-se com ele na presença do nosso Deus.
Quando, apesar do desejo sincero de ajudar, os outros vejam nesse ato uma maneira de condená-lo por sua suposta intromissão, não esmoreça ou interrompa a tarefa, mas ore, pedindo ao Senhor que lhe dê forças para compreender e amor para continuar a trabalhar na seara do bem, pois muitas vidas poderão depender dessa decisão.
Quando as lutas do caminho estiverem te enfraquecendo e te levando ao desespero e ao abandono, não te entregues a esse sentimento, mas resista e ore ao Senhor, buscando nEle a razão maior de sua existência. Deus não desampara os que O buscam.
Quando tudo estiver correndo bem e tudo à tua volta for motivo de alegria, ore e agradeça ao Senhor por tamanhas dádivas, pedindo a Ele sabedoria e humildade para que as bênçãos concedidas não se transformem em pedras de tropeço em tua vida.
Quando os irmãos mais necessitados que compartilhem a tua mesa te honrarem por tudo que fazes, não te engrandeças por isso, mas ora e agradeça ao Senhor pela oportunidade que Ele te concedeu de espalhar o bem sem desejar recompensa.
Não importa se lhe damos o nome de prece ou de oração, o que realmente importa é falarmos com Deus, expondo nossos sentimentos e inquietações mais intimas, nossas dúvidas e incertezas, nosso agradecimento pelo cuidado que tem para conosco, pelas possibilidades que nos concedeu de um dia havê-lo encontrado e ser aceito por Ele.
Aceitemos o convite que Jesus nos faz para orarmos em todos os momentos e situações e perceberemos o quanto isso nos ajudará a entender não apenas a razão de nossa vida, mas nos ensinará ainda, a compreender e a amar ainda mais os nossos semelhantes.
Sempre juntos em Jesus.

De:  Antonio Carlos, aprendiz de servo.
  
Postado por ( Pb.Paulo César)  

0 Comentario:

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens