8 de junho de 2017

O Pastor entende nossa fragilidade...

 Salmos 23:3 - Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. 



Neste verso, vejo duas circunstâncias muito aplicáveis a Deus na condição de um pastor de seres frágeis como nós. O salmista afirma que Deus refrigerava sua alma. Refrigério é consolo, alento. Creio que Ele pensava na segurança que sua presença oferecia as ovelhas dos perigos do campo. Imagino-o refletindo e dizendo: “Eu cuido das minhas ovelhas, e Deus cuida das suas...”.

As ovelhas sempre ficam presas no seu redil, pois se estiverem soltas, elas se dispersam com facilidade, tornando-se presas fáceis dos seus inimigos. Davi então lembrou-se que somente enquanto caminham com seu pastor esses animais chegam seguros em seus destinos. Ele então afirma, sobre Deus: “Ele me guia pelas veredas da justiça (...)”. Deus sempre oferece direção a quem decide segui-lo. Os caminhos de Deus são de justiça e amor, e sempre te levarão a um porto seguro...

Seus caminhos andam tão tortuosos; não será tempo de refletir até que ponto Deus está te provando? Não estaria você perdido, distante do Pai? Clame por ajuda, Ele virá te socorrer!

Deus te abençoe.



Fonte: Pastor Sérgio Fernandes